Receba todas as notícias do Avenged Sevenfold no seu E-mail

domingo, 8 de junho de 2014

Em defesa do Avenged Sevenfold e vida Particular: Matt para a Rezeczpospolita

Na semana passada (04/06) a banda se apresentou na Polônia, mas antes M Shadows concedeu uma entrevista para o site Rezeczpospolita. E Provavelmente é uma das entrevistas mais "polêmicas" da banda, pois Shadows comenta as acusações e julgamentos que a banda vem sofrendo durante a sua historia. Ele também comente sobre a sua vida particular e fala a animação para o nascimento do seu segundo filho.

Jack: Como uma banda de jovens conseguiu se tornar um dos grupos mais importantes que toca hard rock? Vocês estão entre os 200 do Billboard EUA próximo de Black Sabbath, e são as principais estrelas dos festivais pelo mundo.

Shadows: Somos uma equipe relativamente jovem. Nós começamos em 1999. E desde o início nos focamos em fazer um trabalho duro. Gravamos seis álbuns e estamos constantemente em turnês. Visitamos quase o mundo todo e se houver qualquer lugar na América, Ásia e Europa, que não tocamos ainda estaremos chegando agora. Eu tenho a impressão de que atualmente somos a banda de rock que mais trabalha. E nos shows das verdadeiras bandas de rock você tem que ter energia.

Jack: Vocês vão se apresentar em um momento muito especial para nós - 04 de junho, o 25 º aniversário das primeiras eleições parcialmente livres no nosso país.

Shadows: Estamos felizes em tocar numa data que é importante para a nação polonesa. Eu sei que esta data também é importante para os países da Europa Oriental, estou pensando particularmente na Ucrânia, que poderia tomar como exemplo a Polônia. Eu mantenho meus dedos cruzados para a Ucrânia e espero que as autoridades russas tomem um diálogo pacífico com as autoridades ucranianas. Na Ucrânia e na Rússia, há muitas bandas de rock boas, e eu quero que eles saibam que têm o apoio do Avenged Sevenfold na solução pacífica desses conflitos. Eu não acho que nós iremos encontrar o Barack Obama, que tinha previsto uma visita aqui na Polônia, no mesmo tempo que a gente, mas estamos ansiosos para hoje a noite, vão se divertir com os poloneses em seu feriado de liberdade.

Jack: Os poloneses realmente gostam de ouvir rock como Guns N 'Roses e Metallica, que se atribui ao seu trabalho.

Shadows: Estamos orgulhosos de ser vistos como sucessores do Metallica, Guns N 'Roses e Pantera. Alguns anos atrás o Metallica nos levou em uma turnê quando não éramos ninguém. E eles acreditaram em nós. Em 2006, eles nos convidaram para ficarmos ao lado deles no palco. Eles decidiram que era hora de nos tirar do heavy metal e nos apresentar ao público em geral. Não é sempre que uma grande banda apoia os seus jovens concorrentes. Da mesma forma, Ozzy Osbourne fez muito por nós, nos convidando para o seu festival, Ozzfest. Metallica e Ozzy nos trataram muito bem. Eles nos apoiaram e foram muito simpáticos.  E hoje, tentamos fazer a mesma coisa. Metallica e Ozzy nos mostraram como serem pessoas melhores. Qual é a melhor maneira de tratar os outros.

Jack: O mundo ainda precisa de novas grandes bandas de rock de estádio?

Shadows: Nos EUA, há um monte de bandas de rock boas que tocam músicas interessantes, mas eu não sei de qualquer grupo que tenha a ambição de se tornar grande como Black Sabbath ou Metallica. Não existe mais um Guns N 'Roses. Led Zeppelin nunca mais vai ser apresentar novamente. O mundo está mudando. As mídias sociais no mercado da música também. As gravadoras não vendem como antes. O Formato CD está se deslocando lentamente para a plataforma streaming. Nossos dois últimos álbuns "Nightmare" e "Hail to the King" estrearam no topo da lista da Billboard, que antigamente não podia nem pensar em tocar uma musica que não tivesse fins lucrativos, como o nosso. Quanto mais que os nossos álbuns anteriores também estão no topo da lista. Nós não somos pop stars, R & B, música eletrônica e hip-hop. Não seguimos tendências. Nós nos referimos às melhores tradições do rock. Acontece que as pessoas tiveram tempo para ouvir e apreciar o nosso trabalho. Estamos muito felizes de ter fãs que lotam a arenas em todo o mundo. Eu acho que nós somos representantes de uma nova geração de metal que recebe orgulhosamente as melhores tradições do gênero.

Jack: A questão é: a inspiração do Avenged Sevenfold não se trata de plágio? Quando você escuta as músicas e percebe a combinação de  "This Means War" do seu último álbum "Hail to the King" com "Sad But True" do Metallica...

Shadows: Sempre afirmamos publicamente que essa faixa foi inspirada em "Sad But True" e "Kashmir" do Led Zeppelin. Mas para ser honesto, não estamos interessados nas opiniões dos críticos. Contamos apenas a opinião dos nossos fãs. Os fãs não nos acusam de copiar ninguém. Crescer a partir das mesmas raízes como Metallica. Deep Purple, Black Sabbath, Led Zeppelin são as nossas principais fontes de inspiração. É claro que tem outras bandas que são as nossas favoritas como Iron Maiden, Megadeth, Guns N 'Roses, Judas Priest e Pantera. Se um cara ouvir uma música, das setenta que escrevemos,  reparar e falar que há semelhança com algo do Metallica, não serei contra ele. Pior quando os críticos estão longe de ser justo e  mencionar as outras músicas que não têm nada a ver com o Metallica. Sempre haverá alguma razão para odiar alguém que está se tornando bem sucedida.

Jack: O Avenged Sevenfold é criticado por que...

Shadows:...Estamos no topo. Chamam-nos de falsos ou copias. Mas isso não é verdade. Basta seguir nossa carreira, para saber o quão difícil e longo o caminho que tomamos até chegar o topo. A verdade é que os críticos mais velhos não gostam das bandas jovens. Ainda preferem escrever sobre as velhas bandas que tiveram o seu melhor momento á vinte, trinta ou quarenta anos atrás. Eles preferem escrever sobre o retorno dos dinossauros do rock de que bandas jovens que ganharam reconhecimento público. Eu não concordo com a afirmação de que somos cópia de ninguém. Acho que estamos na vanguarda do renascimento do rock clássico. Ninguém reclamou há vinte anos quando o Soundgarden se inspirava no Black Sabbath. Algumas bandas e críticos nos odeiam, porque nós vendemos um monte de discos e esgotamos concertos. Não temos complexos.

Jack: Vocês se sentem os sucessores do Metallica?

Shadows: Como eu mencionei antes, eu me sinto bem quando somos chamados de sucessores do Metallica. No entanto, eu não acho que Lars Ulrich falou que a banda deu a ultima palavra. Nós apenas queremos fazer nossas turnês, gravar álbuns e dar aos fãs o máximo de rock clássico possível. Só porque você trabalha duro, não significa que você não mereça nada.

Jack: Hoje, você é um dos vocalistas de rock mais populares nos EUA. O Slash do Guns N 'Roses até convidou você para cantar ao lado de lendas do rock, como Ozzy Ozbourne, Iggy Pop, Chris Cornell.

Shadows: Me senti honrado com o convite para participar do álbum do meu ídolo de infância, especialmente com outros artistas como Dave Grohl do Nirvana e Foo Fighters, Kid Rock, o cantor do Maroon 5 ( Adam Levine ) Sendo vocalista eu sinto que a minha voz é um dom maravilhoso. Eu cuido bastante dele. Eu tenho ido a aulas de canto e treino a minha voz com uma pessoa que já trabalhou com estrelas como Axl Rose e Kylie Minogue. Após os shows, eu não saio festejando. Eu não bebo. Não fumo. Eu tenho uma família. E Estou ansioso para o nascimento do meu próximo filho. Família e trabalho são o mais importante para mim. Toda noite quando eu me apresento com a banda, eu tento dar ao público o melhor. Portanto, minha voz tem que estar em forma. Nós não entramos em um palco “recusando” o concerto, porque o músico adoeceu.

Jack: O Avenged Sevenfold é uma das bandas mais ativas atualmente. Turnês intermináveis, novos álbuns ... A música não leva vocês a uma vida privada?

Shadows: A música é uma grande parte da minha vida. Mas eu também tenho uma vida familiar normal. Quando estamos na estrada praticamente sacrificamos a nossa vida privada e nossos entes queridos. Eu não uso Twitter e Facebook, para eu poder curtir o meu tempo livre. Minha vida virtual é muito pobre mas muito feliz. Eu tenho um filho e esposa, que são o centro do meu mundo. No verão, meu segundo filho virá ao mundo e eu mal posso esperar por isso. Quando eu tenho um pouco de tempo livre, eu jogo golfe. Esse tipo de esporte me faz relaxar muito.

Jack: E para finalizar. Qual é o significado do nome da banda?

Shadows: Borrowed um nome da Bíblia,  foi tirado quando a gente ainda estudava. Avenged Sevenfold, se refere a história bíblica de Caim e Abel, o primeiro assassinato feito pelo homem que não foi feito com o livre arbítrio.”
Compartilhe!
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...