Receba todas as notícias do Avenged Sevenfold no seu E-mail

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Synyster em entrevista para a Rockfile: Carinho dos fãs, crescimento da banda e cervejas

No ultimo dia 30 de abril a banda se apresentou em Hollywood e antes do show Synyster Gates conversou rapidamente com Scott da Rockfile.

Dentre os assuntos: O Carinho que os fãs tem com a banda, carreira repentina, futuras ações da banda e como Synyster gosta de relaxar.


Scott: Olá, aqui é Scott Hamilton para a rádio Rockfile, estou muito animado de estar aqui no backstage com um guitarrista que estou muito impressionado. Synyster Gates de Avenged Sevenfold, como você está?
 

Synyster: Estou muito bem, obrigada. E você?
 

Scott: Estou ótimo e muito feliz de estar aqui. Faz alguns anos desde que vimos você pela última vez, então aqui vai a primeira pergunta: 15 anos atrás você se juntou a banda. Você chegou a pensar que estaria fazendo shows pelo mundo como está agora?
 

Synyster: Certamente não na forma como estamos agora. Ver milhares de crianças/pessoas na plateia todas as noites é um presente. E todos os nossos fãs nós apóiam bastante com as músicas, com o The Rev e todo mundo sabe a história da banda. É uma coisa muito especial e única.
 

Scott: Vocês começaram em clubes e lugares do tipo, falamos sobre isso antes da entrevista. Vimos vocês tocarem no Rock am Ring em 2011. Estádio de futebol, 70.000 pessoas e a primeira turnê sem o The Rev  e ao tocar So Far Away 70.000 pessoas cantaram junto. Como foi isso?
 

Synyster: Foi indescritível. Uma honra sabe, e meio que sentir aquela dor com você e os altos e baixos porque eles realmente se importam com você como uma pessoa e como uma banda e essa é a família.
 

Scott: Quase pareceu que foi mais como uma celebração do que tristeza.
 

Synyster: Claro. Tentamos deixar desse jeito com os nossos fãs, só queríamos sair e nos divertir. Nenhuma tristeza, só celebração da vida, da música, dos amigos e da família.
 

Scott: Você ganhou vários prêmios durante sua carreira como melhor guitarrista, guitarrista mais rápido e... “se veste com mais esperteza”. Como isso aconteceu?
 

Synyster: Bem, é a minha esposa que pensa nessas coisas e foi assim que aconteceu. (risos)
 

Scott: (risos) Eu pensei “ele vai perder um pouco do valor em termos do metal, quem liga para como ele se veste no palco?”
 

Synyster: Exatamente. Eu não dou a mínima mas acho que isso deixa todo mundo feliz. (risos)
 

Scott: (risos) Bem, vocês agora estão fazendo o melhor show na estrada, o novo álbum é fantástico e é um clássico e na minha opinião, odeio utilizar a palavra maturo mas é um trabalho bem maturo esse álbum. Qual sua música favorita de se tocar ao vivo do novo álbum?
 

Synyster: Ah, eu gosto de todas mas...é difícil dizer. ‘Hail to the King’ é legal. Eu nunca toquei um ritmo que fosse divertido na guitarra solo e é fácil. Eu gosto de como encaixa na música, tem uma energia legal. As crianças gostam disso.
Scott: Parece legal. A guitarra (da música) é extraordinária. Haverá algo novo no show de hoje?
 

Synyster: Ah cara, eu não tenho ideia. Talvez. Os caras sempre arrumam um estilo customizado diferente na guitarra. Na verdade esperamos tocar umas músicas diferentes para o pessoal. Não viemos pra cá já faz um tempo, acho que a última vez foi em 2008, algo assim. Mas esperamos dar a eles algo que eles sintam falta mas também algo que ainda não tenham visto da última vez.
 

Scott: O álbum está tendo um repertório bom. Até quando vocês vão fazer turnê com ele?
 

Synyster: É difícil dizer. Basicamente quando os singles estiverem prontos e as pessoas pararem de comprar ingressos (risos). Aí iremos para casa fazer o próximo, mas agora estamos bem no meio disso e temos vários grandes shows vindo ai, hoje a noite será um deles. E também vários festivais legais na Europa e em vários países diferentes. Agora há fãs por todo o mundo, podemos ir a praticamente qualquer lugar agora, é muito legal ter pessoas que apareçam em lugares como Japão e Rússia ou lugares assim.
 

Scott: Vocês vão a algum lugar que não foram antes?
 

Synyster: É. Eu acredito que vamos para vários lugares, como o leste europeu e estamos planejando ir para... (cochichando) China, não conte para ninguém. Shh.
 

Scott: (cochichando) Ok.
 

Synyster: (voz normal) Estamos planejando ir a vários lugares diferentes.
 

Scott: Vocês vem fazendo shows pelo mundo a quase 15 anos, é legal isso. Quando você tem uma folga, o que você procura para fazer?
 

Synyster: Eu procuro uma cerveja na verdade. (risos) É típico e meio clichê. Nós procuramos algum lugar legal, sabe? Procuramos relaxar. Se você for a uma cidade que nunca foi antes, é legal explorar um pouco. Mas a menos que tenha algum restaurante legal ou coisa assim, gostamos de voltar e ir ao bar.
 

Scott: Você gosta de ser o membro do grupo mais relaxado, sério?
 

Synyster: Ha-ha-ha. Eu não sei se temos um. Eu finjo ser.
 

Scott: (risos) Bem, muito obrigado por ter concedido essa entrevista, boa sorte no resto da turnê. Continuaremos a tocar as músicas (na rádio) e vocês continuem a fazer boas músicas, certo?
 

Synyster: Claro. Muito obrigado.

Tradução: Laura Lacerda 
Compartilhe!
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...