Receba todas as notícias do Avenged Sevenfold no seu E-mail

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Planet 105 One entrevista Matt Shadows: Todas as novidades para Shepherd of Fire Tour

Jobo, da rádio americana Planet 105 One entrevistou Matt Shadows durante esse período que a banda está descansando e se preparando para a Shepherd of Fire Tour que acontece na América do Norte durante os meses de Abril e Maio, antes da banda embarcar para a série de festivais na Europa e EUA.

Durante a entrevista Matt e Jobo conversaram sobre as bandas que vão acompanhar o Avenged Sevenfold nessa turnê (Adrenaline Mob e Hellyeah), o palco da turnê que terá uma outra estrutura mais "grandiosa" e que segundo o Matt o A7x vai "Explodir tudo" com esse novo palco e muito mais. Confira essa entrevista traduzida abaixo:

Planet 105 One: Nós estamos com M. Shadows do Avenged Sevenfold na linha. Como vai você hoje?

M.Shadows: Estou indo bem, estou aqui no sul da Califórnia. Como está indo aí?

Planet 105 One: Está bom. Finalmente passou a friagem, eu acho. Na verdade tivemos um dos invernos mais frios desde que eu me lembre. Mas está indo bem.

M.Shadows: Brutal

Planet 105 One: É (risos) pra dizer o mínimo. Então, vamos direto ao ponto. Vocês estão obviamente fazendo uma turnê com Hellyeah e Adrenaline Mob e eu queria perguntar primeiro. Como é fazer uma turnê com Hellyeah e Vinnie Paul, quero dizer, Vinnie Paul as pessoas se inspiram nele na música, na carreira e no geral.

M. Shadows: Cara, eu cresci ouvindo esse cara, obviamente. Eu lembro que Far Beyond Driven foi um dos primeiros álbuns bem pesados que ouvi. Então fazer turnê com eles e virar amigo deles alguns anos atrás e poder festejar com eles e ouvir seus pensamentos sempre foi incrível. Então a oportunidade apareceu nessa turnê. Nós sabíamos que eles estavam lançando um novo álbum e eles mostraram ele para nós antes e nós amamos e nós queríamos sair com eles. Naquela época (que saíamos juntos) era bem louco, não podíamos ir embora sem beber muito. Então vamos ver o que acontece nessa turnê, tenho certeza que será mais para os fãs.

Planet 105 One: Com certeza. E agora Adrenaline Mob, Mike Portnoy esteve com vocês por um tempo. Como é voltar a fazer tour com ele?

M. Shadows: Na verdade Mike não está mais tocando com eles. Mike está fazendo outros projetos agora, então ele saiu dessa banda, mas é engraçado porque foi Mike que nos juntou, eu conheci essa banda por causa do Mike. E aí ficamos amigos, eu e Russell ficamos amigos e eles fizeram um álbum novo também e nós fizemos alguns shows com eles mais cedo ano passado e nós queríamos fazer shows de novo com eles então é como pegar alguns amigos e se divertir por aí e é isso que é essa turnê.

Planet 105 One: Definitivamente. Então, o que podemos esperar e o que será diferente dessa turnê para a última que vocês fizeram no ano passado? Você pode contar algum segredo para nós?

M. Shadows: Bom, eu não sei se isso realmente vai acontecer, mas como vamos ser headliners em alguns festivais na Europa, então nós fizemos um grande palco que ainda precisamos testar (risos) e nessa turnê vamos basicamente explodir tudo e o que faremos para esses festivais com 90 mil pessoas é que vamos usar bem o espaço dessas arenas. Pra não falar tudo, iremos usar a arena bem e deverá ser legal de assistir, vai ser bem fora do controle.

Planet 105 One: Ótimo, isso com certeza me deixa animado. Não que eu não estivesse animado antes, mas isso que você disse leva para outro nível.

M. Shadows: Vai ser legal.

Planet 105 One: E, uma pergunta mais pessoal, onde você se inspirou para fazer as letras de suas músicas?

M. Shadows: Ah, quando começamos a banda as letras eram visivelmente pessoais, e conforme fomos crescendo nós mudamos o estilo (de como o lado pessoal é mostrado), algo assim, e agora estamos meio que contando histórias através de metáforas, é algo como o material de Iron Maiden. Mas tem muita parte emocional por trás dessas histórias. Para ser honesto, a música Shepherd Of Fire teve muita inspiração de Sympathy to the Devil, uma música dos Rolling Stones. A inspiração sempre vem de coisas diferentes mas eu penso que para o nosso álbum Hail to the King é algo mais metafórico, ao invés de ser algo direto, algo do tipo ‘eu me sinto uma bosta’ (risos). Tentamos ficar fora de coisas assim, tentamos deixa-lo pesado.

Planet 105 One: Incrível. M.Shadows, muito obrigado pelo seu tempo e estamos ansiosos para ver você dia 18 de abril aqui em Lafayette.

M. Shadows: Ok. Nos veremos lá.

Tradução: Laura Lacerda
Compartilhe!
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...