Receba todas as notícias do Avenged Sevenfold no seu E-mail

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Arin em entrevista a Metal Hammer: vida com a banda, tocar ao vivo e chamas

A Metal Hammer esteve no show do Avenged Sevenfold em Manchester (30 de Novembro) na Inglaterra, e conversou com Arin Ilejay sobre sua a vida com a banda, tocar ao vivo, pirotecnia e outras coisa.






Confira essa entrevista:

“Tem sido incrível, sabe...meu desempenho sendo tão bem visto pelos fãs, é um sonho se tornando realidade, esse álbum que produzimos veio para ser metal puro, coisa grande. Ter a oportunidade de participar de tudo isso e perceber que está envolvendo um mundo inteiro? Vê as arenas se preencherem , uma por uma, tem sido um sonho realizado.

As chamas são o que eu mais gosto nos shows, o mais legal, e que eu nunca imaginei que estaria num palco “pegando fogo”, pois como eu estou perto, eu fico muito quente, meus braços ficam quentes e, de repente percebo que os fãs que ficam na frente do palco reagem: “Ahhh, está muito quente!” (Risos). Eu acho que é isso que eles querem, todos suados em plena multidão, próximos.

Eu e os caras nos dando bem, está sendo muito fácil fazer parte de tudo isso, é o tipo de coisa que não é preciso ter forçação de barra para ter lembranças, Já passamos por divertidas coisas nas quais são boas de lembrar. Ter a chance de conversar sobre nossas origem é ótimo, perceber que olhando para trás, sonharmos com o mesmo futuro. E pra mim, estar passando por isso, sendo “o novato” da grande máquina, é algo gratificante.

Os fãs estão meio que criando uma origem nova para “batida forte”. Pois esse álbum sentimos que ele está maior e mais pesado. É um tipo de som bom para se tocar em shows e arenas, sabe? É disso que esperamos do futuro, essa união de lugares. As batidas transmite a euforia que a multidão nos passa e o que fazemos foi uma simples troca. Essa é a visão que nós temos.

 Na última vez que vi os caras no Download, eles organizaram tudo direitinho e detonaram, e tipo, a loucura daquele publico e dos fãs, com certeza eu não consigo acreditar que estou fazendo parte disso, que seremos atração principal da próxima edição. isso me enlouquece! Encarar esse tipo de coisa onde sou tão novo, ter feito pouca coisa ainda, um álbum apenas, e 3 anos de turnê, para mim, isso é realmente inacreditável.”

Compartilhe!
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...