Receba todas as notícias do Avenged Sevenfold no seu E-mail

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Avenged Sevenfold trazendo poder do fogo para o show em Omaha

Um pouco antes de se apresentar para a cidade de Omaha, Arin Ilejay foi entrevistado pelo site da cidade. Confira a entrevista.

O: Como está indo a turnê?

Arin: Os shows estão ficando cada vez melhor. No palco, a maneira de tocar esta cada vez mais fácil. Temos novos equipamentos que dá o ar de espetáculo. Há muito mais fogo mas também muito perigo.

O: Como vocês se comunicam para que não ocorra acidente no palco?

Arin: Bem primeiramente os caras não iria chegar perto da minha bateria pois tem grades no chão que ficam atirando fogos aos 10 metros, são paredes de fogo e também eles nem se quer se sentem confortáveis chegando perto da minha bateria. Eles não querem ficar tostados. Temos até uma luz verde e uma luz vermelha do lado do palco. A luz vermelha significa: "Não suba em direção a bateria".

O: O Avenged Sevenfold teve um ano de folga antes de fazer "Hail to the King". Será que todo mundo precisa de um descanso?

Arin: Sim. Todo mundo precisa. Alguns dos caras foram surfar, Shadows acabou de ser pai e eu me casei. Fizemos e arrumamos nossas vidas pessoais e voltamos com tudo para álbum. Foi definitivamente um momento bem necessário.

O: Como vocês escrevem as músicas. Começam com um riff ou uma batida?

Arin: Realmente tem um conceito pra fazer mas muitas vezes nós ficamos sentados no estúdio, cada um mostra suas ideias e ai conversamos tipo "Isso vai com isso. ", ou "Oh, não é isso que nós estamos querendo"

O: Há uma grande influência do rock clássico em "Hail to the King”. De onde veio?

Arin: Bem, a banda evoluiu muito durante a carreira, quando eram jovens, eles queriam mostrar as suas ideias e essas ideias estava ligada muito ao Hard-core, eles tinham pouco tempo para “acordar” e então disseram: "Vamos olhar para trás, para nossas raízes. O que queremos fazer? Queremos ser ouvidos por toda parte, e tocar em vários lugares".


Então perguntamos: “O que os grandes fazem? Quais são as bandas que ainda então em ação que nós curtimos e amamos desde criança? Essas bandas que me refiro são Metallica e Iron Maiden. O Avenged Sevenfold quer ser uma banda clássica, é nós queríamos fazer um álbum clássico que realmente explodisse.

Tradução: Melyssa Souza
Fonte: Omaha.com
Compartilhe!
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...